Banner GeoprocessamentoBanner Biblioteca Virtual


Manuelzão Informa

MANUELZÃO INFORMA

Projeto Manuelzão/UFMG - 16 de junho de 2010 - Número 205


.Destaque da semana.


O Parque Estadual do Sumidouro, inaugurado no último domingo, ocupa uma área de 2011 hectares no limite de Lagoa Santa e Pedro Leopoldo. O Parque tem uma grande riqueza arqueológica. Nele, foram encontrados fósseis humanos e de grandes mamíferos.

.Preservação.

Caminho (quase) certo

Há muito tempo motivo de pressões da sociedade civil, ambientalistas e academia, o Sistema de Áreas Protegidas do Vetor Norte Metropolitano – SAP – teve uma etapa de consolidação no último domingo, dia 13. O Governo de Minas entregou obras de infraestrutura do Parque do Sumidouro, e mais quatro Unidades de Conservação do SAP. Juntas, essas ações representam um investimento de R$ 17 milhões. O SAP tem sido alvo de críticas pelo atraso na implantação das unidades e por não tratar da mineração de areia e argila, atividades de grande impacto ambiental na região. Fonte: Semad e Projeto Manuelzão.

 

.Gandarela.

Ouvindo a Serra

Em audiência pública em BH, na segunda, dia 14, foi discutido o Projeto Apolo e a preservação da Serra do Gandarela . Foram debatidos os problemas do empreendimento. A sala estava lotada e muitas pessoas não conseguiram entrar. Isso levou à organização de abaixo-assinado para que fosse feita nova audiência em local propício. O secretário de Meio Ambiente de Minas, José Carlos Carvalho, se comprometeu a receber o movimento pela preservação da Serra do Gandarela em data ainda não definida. Fonte: Projeto Manuelzão

 

.São Francisco.

Agenciando

O Conselho Nacional de Recursos Hídricos aprovou na quinta, dia 10, a Associação Executiva de Apoio à gestão de Bacias Hidrográficas Peixe Vivo. Ela será a agência de Bacia do São Francisco, o órgão que executa as decisões do Comitê de Bacia. Entre outras funções, a Peixe Vivo vai administrar a verba da cobrança pelo uso dos recursos hídricos. Essa decisão facilita a gestão da Bacia do Velhas, possibilitando que o dinheiro arrecadado seja convertido em projetos, e serve de referência para outras bacias. Fonte: AmbienteBrasil

 

.Poluição.

Represando problemas

A poluição do Lago de Furnas foi tema de debate na última semana, na Assembleia Legislativa de Minas. O aumento de plantas aquáticas nesse ecossistema indica grande quantidade de esgoto doméstico lançado na represa. Entre as propostas para acabar com a poluição, estão: unir municípios vizinhos para uma destinação correta de resíduos sólidos e esgoto; elaborar um mapa do saneamento básico da região; e fortalecer os conselhos municipais de meio ambiente com a participação popular. Fonte: Amda

 

.Código Florestal.

SOS.com

A internet a serviço do meio ambiente. Organizações socioambientais lançaram o site SOS Florestas – O Código Florestal em Perigo . O objetivo é informar sobre as mudanças que podem ocorrer no Código Florestal Brasileiro, após a proposta do deputado Aldo Rebelo (PCdoB) e alertar sobre os riscos que elas apresentam para as florestas. O internauta é convidado a agir em defesa do Código e a assinar petição online contra as alterações. O documento será enviado aos deputados que vão votar as propostas em breve. Fonte: AMDA

 

.Serviço.

Tempo de discussão

Inscrições abertas para o VI Encontro Temático do Fórum Metropolitano da RMBH. O encontro ocorre no dia 22 e vai tratar de Políticas de Compensação. Na programação, palestras com gestores públicos de municípios da região. E a Semad realiza nesta quinta-feira, dia 17, debate sobre o desmatamento da Mata Atlântica em Minas. O evento acontece no Plenário do Sisema. Mais informações no número (31) 3915-1774. Confira também os spots produzidos nas oficinas Nas Ondas do São Francisco.