Banner BiomonitoramentoBanner Biblioteca VirtualBanner Movimento Internacional pelos Rios


Últimas Notícias

História para ser contada e visitada

Trecho revitalizado do córrego Joões será ponto de visita guiada neste fim de semana

Uma visita a uma área revitalizada por um mobilizador do Projeto Manuelzão fará parte da programação da III Jornada Mineira do Patrimônio Artístico e Cultural de Minas Gerais. O evento será realizado neste final de semana, dias 24 e 25 de setembro, e tem como objetivo destacar ações inovadoras e criativas que levam os cidadãos a entender o papel dos indivíduos e das instituições na construção da história social e da memória local. Para a Jornada, os integrantes do Núcleo Manuelzão Navio/Baleia organizaram uma visita guiada a um trecho do córrego Joões revitalizado por um dos integrantes no Núcleo, Seu Nonô. 

O evento é promovido pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais e o tema desta edição é “Quando a minha história conta a história de todos”. Nada mais justo do que o trabalho dos integrantes do Navio/Baleia ser parte da iniciativa. Há 20 anos, Ernesto Soares da Conceição, o Seu Nonô, trabalha para a revitalização e preservação do trecho do Joões que passa no quintal de sua casa.

O curso d’água é afluente do córrego Navio/Baleia, localizado na região leste de Belo Horizonte. O córrego poluído que entra no lote de Seu Nonô é desviado por um sistema construído por ele mesmo para uma caixa onde o entulho é retirado. De lá, o Joões segue dentro de um tubo subterrâneo que o conduz para fora da propriedade. Dessa forma, as nascentes existentes no quintal de Seu Nonô podem correr limpinhas para o Navio/Baleia. Com esse trabalho, o mobilizador já impediu que mais de 380 toneladas de entulho e 260 m² de plástico fossem parar no leito do Navio/Baleia. 

A participação dessa iniciativa na Jornada Mineira é significativa, visto que o trabalho na bacia hidrográfica do Navio/Baleia está longe de acabar. “Ainda falta muito para conseguirmos o saneamento integral do córrego e, esse evento também é mais uma atividade em busca de novo olhar para esta região”, observa Mércia Inês, mobilizadora do Núcleo e organizadora da visita. Ela é autora do livro Resgate histórico da Bacia do Córrego Navio/Baleia, que reúne histórias dos moradores da região e será divulgado durante a Visita Guiada à área renaturalizada.

Além de percorrer o local revitalizado, os visitantes poderão ver a exposição da coleção Meio Ambiente e Arte. O endereço é rua Salvador Pinto, nº 85, esquina com rua Iara, no bairro Paraíso. Veja o convite para o evento.


Trecho revitalizado dentro do quintal de Seu Nonô. (Foto: Isadora Marques)

 


Por: Assessoria de comunicação

Publicado em: 23/09/2011