Banner BiomonitoramentoBanner DescubraBanner Movimento Internacional pelos Rios


Expedições

Expedição Manuelzão Desce o Rio das Velhas

Conhecer a realidade de um rio de seu melhor ângulo: o de dentro. Essa foi a proposta da Expedição Manuelzão desce o Rio das Velhas, realizada pelo Projeto Manuelzão em 2003. Três navegadores percorreram de caiaque todo o curso do rio, em seus 804 quilômetros, indo da nascente, na Cachoeira das Andorinhas, em Ouro Preto, até a foz, no São Francisco, em Barra do Guaicuí.

A expedição avaliou o nível da degradação da bacia e proporcionou momentos de mobilização e articulação entre o Projeto e a comunidade. Em cada parada, os caiaqueiros falaram sobre a importância de tratar os esgotos, não despejar lixo nos rios e preservar as matas ciliares e as nascentes. O objetivo foi mobilizar a população, despertando a noção de pertencimento à bacia hidrográfica do Velhas e alertando para a necessidade de revitalizar esse ambiente.

Paralelamente à descida, foram realizadas caminhadas, palestras e apresentações culturais, como teatro e música, nos municípios. Estimativas do Projeto Manuelzão indicam que cerca de 70 mil pessoas tiveram contato direto com a Expedição, em saudações nas margens dos rios, pontes e nos eventos organizados por escolas, Núcleos Manuelzão locais e prefeituras.

A expedição foi inspirada na trajetória que o pesquisador inglês Richard Burton fez em 1867 e registrou em seu livro “Viagem de Canoa de Sabará ao Oceano Atlântico”. Os navegadores Ronald Guerra, Roberto Varejão e Rafael Bernardes refizeram trechos do percurso de Burton, comparando as condições atuais da bacia com as do século XIX.

Saiba mais sobre a Expedição de 2003:

Expedição Manuelzão