Banner DescubraBanner GeoprocessamentoBanner Biomonitoramento


Mobilização

Núcleo Brejinho

 

A Bacia

 A área de atuação do Núcleo Brejinho é a microbacia do córrego São Francisco que abrange os bairros Indaiá, Liberdade (próximo ao campus Pampulha – UFMG), Jaraguá, Santa Rosa, Aeroporto, São Francisco, Dona Clara e Universitário, todos localizados no baixo Engenho Nogueira (bacia hidrográfica do córrego Engenho Nogueira). 

 Apesar de sua curta extensão, a microbacia do córrego São Francisco sofre problemas graves como nascentes que correm o risco de desaparecer e poluição das águas, não apenas pelo esgoto doméstico, mas também industrial que faz com que o córrego principal mude de cor constantemente. As sete nascentes do córrego São Franscico, que é afluente do Engenho Noguei­ra, localizam-se em uma área verde de 73.000 m² co­nhecida como Brejinho (o que explica o nome do Núcleo) e é muito visitada pelo Núcleo e escolas da região que se preocupam com o futuro da bacia. Desde 1998 a comunidade luta pela consolidação desta área em parque público, o Parque Liberdade. Conheça o mapa da Bacia. 

 


Logomarca do Núcleo Águas do São Francisco e Nascentes do Brejinho

O Núcleo

 Moradores da região e a E.M. Aurélio Pires lutavam desde 1998 pela preservação das nascentes do córrego São Francisco. Em 2001 eles tiveram contato com o Projeto Manuelzão e ao perceber os objetivos em comum, o desejo por melhorias ambientais e conseqüentemente da qualidade de vida local, estabeleceram o “Comitê Águas do São Francisco e Nascentes do Brejinho”. Este com o passar do tempo, passou a se chamar Núcleo Brejinho, devido ao local em que se localizam as nascentes ser chamado pela comunidade de Brejinho. Após passea­tas, palestras e ações de educação ambien­tal, em 2006, conseguiram, por meio do Orçamento Participativo Digital (OP), recursos para tentar estabelecer o parque. Mas, apensar de muita luta o dinheiro do OP não foi suficiente e em 2011 o parque ainda não foi implantado e sua área, para desgosto do Núcleo, encontra-se abandonada pelo poder público. Mas, as ações do Núcleo Brejinho não param sendo uma delas a participação no Programa Pampulha Viva em parceria com os demais Núcleos da bacia do Engenho Nogueira: Núcleo Integrado Cascatinha (atua principalmente no alto da bacia) e Núcleo Engenho Nogueira (atua na porção média da bacia).  

 

Ações realizadas

  • Elaboração do Boletim Brejinho para divulgação de informações;
  • Elaboração de logomarca do Núcleo por meio de concursos realizados alunos da E.M.Aurélio Pires;
  • Participação em eventos ambientais como: Pampulha Viva, FestiVelhas, Conferência Municipal de Políticas Urbanas, Seminário Internacional de Revitalização de Rios;
  • Premiação: Conquista do Prêmio de Destaque Especial no Concurso Cidade Jardim (18 de dezembro de 2008);
  • Conquista Orçamento Participativo de parte da verba para implantação do Parque Liberdade;
  • Passeatas, caminhadas ecológicas, palestras e atividade de educação ambiental em escolas da região;
  • Miniexpedições com escolas;
  • Visitas Técnicas para reconhecimento da bacia e levantamento dos seus principais potenciais e problemas;
  • Participação no Subcomitê de Bacia Hidrográfica do Ribeirão Onça;
  • Organização Programa Pampulha Viva;
  • Mobilização para e participação dos Cursos: Bacia Hidrográfica como Instrumento Pedagógico e Mapeamento Participativo (Projeto Manuelzão/ MEC)

 


Manifestação em prol do Parque Liberdade, área que abriga as nascentes do córrego São Francisco. (Foto: Acervo Manuelzão)
Desafios

  • Mobilizar a comunidade, empresas e poder público em prol do fim do assoreamento de nascentes, lançamento clandestino de esgoto nos córregos, disposição inadequada de lixo;
  • Expandir a disseminação de informações sobre a bacia, potenciais e problemas desta visando à maior participação da comunidade na luta por melhorias locais;
  • Envolver mais escolas da região em ações contínuas de mobilização e conscientização em prol da microbacia;
  • Consolidar o Parque Liberdade.

 

 

Conheça outros Núcleos