Banner Biblioteca VirtualBanner Movimento Internacional pelos RiosBanner Geoprocessamento


Pesquisa

Importância da Geologia

Profa. Dra. Maria Giovana Parizzi
Departamento de Geologia – IGC/UFMG e Nuvelhas/Manuelzão

A Geologia é a ciência que estuda a Terra sob o ponto de vista de sua origem, seus materiais, suas transformações e sua história por meio de registros encontrados nas rochas e minerais que formam a infra-estrutura do planeta. As constantes transformações da Terra produzem materiais e fenômenos naturais que têm influência direta ou indireta em nossas vidas. Utilizamos os recursos e riquezas geológicas que o planeta nos oferece, como a água, os minérios (ferro, ouro, diamante) o petróleo e os materiais de construção (areia, cascalho, rochas ornamentais, e outros). Por outro lado, grande parte da humanidade ainda não entende a dinâmica terrestre, que se faz evidente quando ocorrem terremotos, deslizamentos de terra, assoreamentos, enchentes, inundações, e erupções vulcânicas. A grandeza dos danos e dos impactos ambientais e sociais gerados após um fenômeno terrestre varia, dependendo, principalmente, do grau de consciência que a população, que vive na área afetada, possui sobre a dinâmica da natureza local e da magnitude e características dos fenômenos planetários. A geologia, enquanto a ciência que investiga a dinâmica da Terra e sua constituição deve ser amplamente divulgada e conhecida para que a humanidade possa compreender e aproveitar adequadamente as riquezas da natureza, bem como prever e conviver com os fenômenos que sinalizam a força e a vitalidade do planeta. Assim os estudos geológicos são imprescindíveis para a compreensão da complexidade da realidade, auxiliando a sociedade na escolha de políticas adequadas de uso e ocupação de solo, do meio ambiente e da utilização dos recursos minerais, energéticos e hídricos, indispensáveis à vida.

Ignorar a natureza é como ignorar a própria vida.

O Projeto Manuelzão tem por finalidade a melhoria da qualidade de vida por meio da educação e luta pela preservação e bom uso da natureza e a geologia não poderia faltar como parte integrante de estudos transdisciplinares realizados pelo NUVELHAS (Núcleo de estudos e pesquisa do Rio das Velhas). Os projetos realizados e em andamento envolvem estudos em parcerias com colegas de outras áreas (biologia, medicina, engenharias) que visam a compreensão da dinâmica da natureza da Bacia do Rio das Velhas buscando a recuperação e revitalização das áreas degradadas.

E para uma melhor afinidade com a geologia segue uma poesia:

 

“Geologia, para quem a ama
Vê a mistura da ciência à poesia

Conhecer a Terra, sua essência
Sua estrutura, nosso berço, nossa cama
É como desvendar um grande mistério
Escondido em sua dinâmica e evolução
Entender suas riquezas, fonte de todo minério
E a personalidade de cada formação

É fazer uma grande viagem ao passado
Através de éons, eras e períodos
Reconstituindo em cada fóssil encontrado
A conexão dos elos perdidos!

É a compreensão do poder expresso em sua insígnia:
O fenômeno de um vulcão em pranto
Fazendo gerar a rocha ígnea
Das lágrimas que vêm do manto

E a observação das dobras, fraturas, falhas e do sismo
Frutos de choques na crosta e suas entranhas
Nos fornece a condição do metamorfismo
E a razão das mais belas montanhas

É constatar que apesar de todo processo de destruição
Desagregando as rochas em fragmentos
A natureza promove a reconstrução
Fazendo surgir a rocha de sedimentos

E no cerne deste conhecimento
Procura-se o mapa do tesouro
Trazendo esperança de desenvolvimento
Cravada em ferro, óleo, prata ou ouro

E permite-nos combater a ameaça
Vinda de uma inadequada ocupação
Orientando o homem a prevenir-se da desgraça
Após deslizamentos, abatimentos e erosão

Ah! E sobre a implacável sede contemporânea
Refletida em desertos de areia e osso
A ciência faz jorrar a água subterrânea
Realizando o milagre de um simples poço

Respeitar o planeta Terra
E compreender sua essencialidade
É o ponto de partida
Para a manutenção da vida
Da humanidade"