Banner BiomonitoramentoBanner Biblioteca VirtualBanner Movimento Internacional pelos Rios


Meta 2010

Encontro do ribeirão da Onça (acima) com o rio das Velhas. Esta área está compreendida no epicentro de intervenções da Meta 2010. (Foto: Diego Lara/acervo Projeto Manuelzão)
Encontro do ribeirão da Onça (acima) com o rio das Velhas. Esta área está compreendida no epicentro de intervenções da Meta 2010. (Foto: Diego Lara/acervo Projeto Manuelzão)
A partir da constatação de que era preciso revitalizar o rio das Velhas, o Projeto Manuelzão/UFMG propôs e o Governo do Estado de Minas Gerais assumiu o compromisso com a Meta 2010: navegar, pescar e nadar no rio das Velhas, em sua passagem pela região metropolitana de Belo Horizonte, até 2010.

Para tanto, será necessário enquadrar a qualidade desse trecho na classe II. Essa classificação é a de águas destinadas ao abastecimento doméstico após tratamento convencional, a atividades de lazer (natação, esqui aquático e mergulho), à irrigação de hortaliças e plantas frutíferas; e à criação de peixes (aquicultura), padrão do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).

O foco é a região mais poluída da bacia do Velhas, que vai da foz do rio Itabirito até o ribeirão Jequitibá. As ações neste trecho são fundamentais para a recuperação de toda a bacia, e envolvem obras de saneamento, educação socioambiental, mobilização e participação social; das quais podemos citar: a eliminação de lançamentos de esgotos em redes pluviais e córregos, a implantação e ampliação das Estações de Tratamento de Esgoto - ETEs e a recuperação da vegetação natural e matas ciliares.

Em 2007, a Meta 2010 passou a ser um dos Projetos Estruturadores do Governo de Minas. A Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável - SEMAD, tem articulado ações com vários parceiros: prefeituras municipais da bacia, CBH Velhas, COPASA, secretarias de Estado, ONGs, Projeto Manuelzão/UFMG, comunidades e empresas.

A Meta foi a base para a elaboração do Plano Diretor do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas, aprovado em outubro de 2004, no qual estão definidas várias ações específicas de saneamento e recuperação ambiental visando alcançar a melhoria da qualidade das águas da bacia e o retorno do peixe ao rio.

Saiba mais sobre a Meta 2010 em http://www.manuelzao.ufmg.br/meta2010.